Sistema de Avaliação de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade (Sassmaq)

Uma leitora diz que a diretoria da sua empresa quer implantar o Sassmaq na empresa e ela não sabe como começar. Esse sistema de avaliação objetiva reduzir os riscos de acidentes nas operações de transporte e distribuição de produtos químicos, foi lançado pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) em maio de 2001 e abrange todos os modais de transporte, terminais de armazenagem e estações de limpeza. Segundo a Abiquim, os módulos ferroviário e de navios estão em processo de desenvolvimento.

A instituição, igualmente, revela que as vantagens da implantação do processo são interessantes para as empresas de logística, pois está havendo a redução de custos e tempo necessário para receber diferentes avaliações de clientes atuais e potenciais, sendo este um sistema único aceito pelas indústrias químicas associadas à Abiquim, o que assegura à transportadora a participação garantida no mercado de serviços de logística de produtos químicos. Para as Indústrias químicas, está havendo uma forma única de avaliação de seus prestadores de serviço de logística, agilizando assim a seleção e qualificação do fornecedor. Como o processo é feito por um organismo certificador independente, credenciado junto ao Inmetro, isto confere maior independência e credibilidade ao sistema de avaliação. E quais os organismos envolvidos?

Abiquim: Responsável pelo gerenciamento do Sassmaq, mantém e revisa a sistemática de avaliação, estabelece os critérios para o sistema e mantém o banco de dados de empresas avaliadas e dos organismos certificadores e auditores qualificados.

Organismos certificadores: órgãos independentes, especializados em auditorias e credenciados pela Abiquim para aplicar a avaliação.

Empresas prestadoras de serviço de logística: São as usuárias do sistema, que oferecem suas instalações para a avaliação e disponibilizam os resultados aos clientes.

Indústrias químicas: Empresas usuárias de serviços de logística, que irão qualificar as empresas avaliadas para a atividade a ser contratada.

Para a leitora, o conselho é adquirir o manual. Para cada módulo, existe requisitos diferentes. No link http://www.abiquim.org.br/sassmaq/geral/aquisicao.asp pode-se conseguir mais informações.

Resumidamente, a avaliação consiste em dois módulos: Elementos Centrais e Elementos Específicos. Cada empresa de logística deve receber a avaliação Elementos Centrais na matriz ou gerência da unidade de negócios correspondente (uma única vez, cobrindo todos os serviços), permitindo uma visão ampla do quadro administrativo, financeiro e social. Este módulo é composto 132 questões e 225 quesitos aplicáveis em segurança, saúde, meio ambiente e qualidade. Já o módulo Elementos Específicos será aplicado para cada filial ou unidade de operação (uma avaliação específica para cada serviço: transporte rodoviário, transporte intermodal, armazenamento, garagens, estações de limpeza, etc.). Este módulo é composto de 211 questões e 218 quesitos aplicáveis em segurança saúde, meio ambiente e qualidade. Não é possível haver avaliação somente específica.

 

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.784 outros seguidores

%d bloggers like this: