Construção civil: selo ecológico para melhorar continuamente os produtos

Para a avaliação ambiental dos produtos, tecnologias ou serviços, existem vários programas diferentes pelo mundo, com variações nas características e requisitos ambientais, como: Blue Angel (Alemanha); Green Seal (EUA); GECA (Austrália) e Selo Ecológico Falcão Bauer (Brasil). Utilizando-se um destes programas poderão ser certificados: blocos para alvenaria, argamassas, produtos siderúrgicos, tintas, aparelhos redutores do consumo de água e/ou energia, telhas, produtos de limpeza, sistemas construtivos, etc. Em maior ou menor profundidade técnica, todos os programas têm como objetivo avaliar os impactos ambientais causados durante a vida completa da obra ou do produto, desde a geração de seus insumos ate o término de sua vida útil.

Para o Instituto Falcão Bauer da Qualidade (IFBQ), a ferramenta mais comum utilizada em quase todos estes programas é a chamada Análise do Ciclo de Vida (ACV), quando para cada etapa da vida da obra ou do produto, são avaliados os eventuais impactos ambientais como: consumo de água, de energia, emissão de gases, geração de resíduos, etc. A norma Leadership In Energy And Environmental Design (LEED) domina o mercado imobiliário brasileiro engajado na causa ambiental, num movimento ainda hesitante entre o uso de conceitos energéticos americanos alienígenas à realidade e uma honesta preocupação de procurar traduzir para o tupi “the watter efficient use”.

A fundação do USGBC-Brasil (United States Green Building) em 2007 reforçou sobremaneira a imagem do LEED no Brasil. Alguns importantes contratantes de obras como: organizações bancárias, redes de varejo, já começam a exigir em suas contratações o atendimento comprovado (certificação) aos requisitos do LEED. Também já está disponível outro modelo de certificação de sustentabilidade ambiental, apoiado em uma parceria institucional entre o CSTB francês e a Poli-USP intitulado como AQUA – Alta Qualidade Ambiental, derivado do HQE (França).

Ao final do ano de 2007 foi criado o Selo Ecológico Falcão Bauer, modalidade de Selo Verde destinada à certificação ambiental de produtos, tecnologias ou serviços, para qualquer uso industrial, não restrito à cadeia produtiva da construção civil. Segundo o instituto, para seu desenvolvimento foram pesquisados os vários tipos de selos verdes existentes na Europa, Ásia, Austrália e EUA, optando por desenvolver um modelo inédito que, além de contemplar a utilização de ferramentas científicas na avaliação, privilegiasse eventuais ações de melhoria ambiental e social praticadas pelo fabricante do produto junto ao entorno de sua unidade industrial. Constituem pré-requisitos para a obtenção da certificação:

  • Evidenciar a conformidade do desempenho do produto à respectiva norma técnica de referencia;
  • Evidenciar a regularidade da empresa fabricante em relação à legislação ambiental, trabalhista, fiscal e tributária e demais instrumentos legais como normas reguladoras, resoluções, etc. dos órgãos competentes.

A avaliação para a certificação está apoiada em:

  • Caracterização química do produto para a verificação das condições de polutibilidade, toxicidade, etc.;
  • Análise simplificada do ciclo de vida do produto desde as condições de produção das matérias primas até a disposição final do produto.
  • Avaliação das eventuais ações de melhoria ambiental e social praticadas pela empresa fabricante do produto.
  • Requisitos sistêmicos aplicados à produção, sob a ótica das ISO 9001 e 14001.

A ACV compreende avaliações do conjunto de impactos ambientais provocados nas várias etapas da vida de um produto, desde a extração / produção das matérias primas, produção, embalagem, distribuição, uso e descarte final. Em cada etapa são avaliados os impactos ambientais causados por consumo de insumo, energia, de água, emanação de gases, geração de resíduos, etc.

Todas estas informações coletadas alimentarão os arquivos de um software especialmente desenvolvido para esta certificação, que efetuará as respectivas comparações com seus parâmetros de referência, atribuindo notas classificatórias ponderadas ao produto. Este software foi desenvolvido graças a um convenio técnico estabelecido com a equipe de pesquisadores do Departamento de Engenharia Ambiental da Universidade Federal de Santa Catarina, coordenada pelo professor Roberto Soares. Esta equipe confere apoio técnico à equipe do IFBQ.

Ao processar as informações no software de classificação, cada produto receberá uma nota classificatória que não será de domínio público, servindo como indicador para um processo de metas para melhoria contínua, que serão verificadas e reclassificadas em cada nova inspeção realizada. Devido à grande demanda de variados tipos de produtos que procuram a certificação e pela impossibilidade do IFBQ contar com uma equipe tão diversificada de especialistas, estão em negociação  parcerias com outras universidades e centros de excelência na área ambiental.

Dependendo dos resultados desta avaliação o produto poderá ou não ser certificado, sendo que em caso positivo será enquadrado em uma das categorias abaixo:

Selo Ecológico – Categoria 1 – Refere-se a ecoprodutos que:

– Não possuam em sua composição substâncias perigosas, segundo a NBR ISO 10004:04;

– Possuam impacto ambiental do produto e do processo produtivo menor que os similares convencionais, segundo a ACV do produto (matéria prima, energia, água, recursos naturais, embalagens, emissões, resíduos, vida útil do produto e destinação pós-uso).

Será destacado no próprio Selo se o fabricante possui iniciativas sociais, ambientais ou sócio-ambientais.

Selo Ecológico – Categoria 2 – Refere-se a ecoprodutos que:

– Não possuam em sua composição substâncias perigosas, segundo a NBR ISO 10004:04;

– Possuam baixo impacto ambiental do produto e do processo produtivo, segundo ACV – Analise do Ciclo de Vida do produto (matéria-prima, energia, água, recursos naturais, embalagens, emissões, resíduos, vida útil do produto e destinação pós-uso);

– Possuam percentual em massa de pelo menos 30% pós consumo ou 50% pré consumo de suas matérias primas.

Será destacado no próprio Selo se o fabricante possui iniciativas sociais, ambientais ou sócio-ambientais.

Selo Ecológico – Categoria 3 – Referem-se a ecoprodutos que:

– Não possuam em sua composição substâncias perigosas, segundo a NBR ISO 10004:04;

– Possuam mínimo impacto ambiental do produto e do processo produtivo, segundo a ACV do produto (matéria prima, energia, água, recursos naturais, embalagens, emissões, resíduos, vida útil do produto e destinação pós-uso);

– Possuam percentual em massa de pelo menos: 90% de matérias-primas renováveis.

As eventuais ações sócio-ambientais promovidas pelo fabricante, caso comprovadas, serão destacadas no próprio Selo, sem interferir na análise do produto. Uma grande vantagem do Selo Ecológico Falcão Bauer consiste na possibilidade de o produto receber simultaneamente ao Selo também a Certificação de Produto – Modelo 5 do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade (SBAC /Inmetro), pelo fato de o IFBQ avaliar o desempenho técnico do produto de acordo com os regulamentos oficiais e ser um organismo certificador de produtos (OCP) acreditado pelo Inmetro. A vantagem é também financeira uma vez que a empresa não estará pagando duas certificações.

A empresa solicitante da certificação e o produto em análise serão avaliados de acordo com:

  • Normas técnicas específicas do produto (NBR);
  • Tabela de Critérios de Toxicidade e Polutibilidade do IFBQ; Estudos Internacionais de toxicidade e polutibilidade;
  • Requisitos Gerais – Selo Ecológico Falcão Bauer;
  • Procedimento Técnico IFBQ para Concessão do Selo Ecológico Falcão Bauer;
  • NBR 10004 – Resíduos sólidos. Classificação;
  • NBR ISO 9001 – Sistemas de Gestão da Qualidade – Requisitos sistêmicos;
  • NBR ISO 14001:2004 – Sistemas de Gestão Ambiental – Requisitos sistêmicos;
  • NBR ISO 14020 a 14025 – Rótulos e Declarações Ambientais;
  • Resoluções Conama 307 e outras aplicáveis ao produto em análise;
  • Legislações ambientais, trabalhistas, previdenciárias e fiscais aplicáveis ao tipo de indústria;
  • Legislações ambientais estaduais e municipais aplicáveis ao  tipo de indústria;
  • NR 13 e outras normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho aplicáveis ao tipo de indústria;
  • Requisitos (20 a 24 e 32 a 35) do Instituto Ethos de Responsabilidade Social Empresarial.

O início dos serviços se dará a partir do recebimento dos seguintes documentos:

  • Formulários preenchidos: “Solicitação de Certificação e Orçamento” e “Ficha de Caracterização Preliminar dos Produtos” com as especificações dos produtos que serão analisados;
  • Aprovação da proposta técnico-comercial;

Os documentos abaixo devem ser apresentados pela empresa:

  • Cópia eletrônica do cartão de inscrição no CNPJ;
  • Cópias autenticadas do Contrato Social devidamente registrado e sua última alteração;
  • Catálogo técnico e comercial dos produtos;
  • Cópia autenticada dos eventuais certificados de sistemas de gestão e de produtos;
  • Evidências documentais demonstrando atendimento aos itens de 9 a 13 do item 2. Normas de Referência;
  • Fluxo do processo produtivo completo, desde a entrada da matéria prima à expedição do produto acabado;
  • Fluxo interno da geração, consumo e reuso de energia no processo produtivo e administrativo;
  • Fluxo interno da geração, consumo, reuso e descarte de água no processo produtivo e administrativo;
  • Fluxo interno da geração, consumo, reuso e descarte de gases e vapores no processo produtivo;
  • Fluxo interno da geração, tratamento e descarte de resíduos sólidos e líquidos no processo produtivo e administrativo;
  • Evidências documentais comprovando a prática de ações de melhoria social com as comunidades vizinhas à indústria;
  • Evidências documentais comprovando a prática de ações de melhoria ambiental na vizinhança da indústria.

 Mais informações: http://www.ifbq.org.br/html/certificacao_prod.asp?produto_escolhido=135

 

Faça aqui a divulgação do seu produtos ou serviço

Um site com conteúdo

Contate hayrton@uol.com.br

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: