A busca pelo pedreiro perfeito

NORMAS TÉCNICAS ATUALIZADAS

O sistema Target GEDWeb agrega inúmeros benefícios para a empresa, pois todos os colaboradores, departamentos e fábricas no Brasil e em toda parte do mundo terão acesso online às normas técnicas em suas últimas edições, válidas em auditorias do sistema de gestão da qualidade, gerando economia e tranquilidade no dia a dia na busca de informações técnicas. Acesse o link e confira os benefícios e as funcionalidades que o Target GEDWeb pode oferecer para a empresa:

http://www.target.com.br/portal/html/gedweb/Template_Boletim_GedWeb.htm

pedreiroA mão de obra no Brasil é bastante complicada, principalmente quando se trata de uma contratação para a execução de um serviço de pedreiro em residências ou apartamentos. Na verdade, quantos brasileiros já passaram por dissabores diante do desafio de contratar os serviços de pedreiro, pintor, encanador ou eletricista, principalmente se for para emergências, como um curto-circuito, que deixa a casa às escuras, ou um vazamento capaz de alagar a cozinha ou o banheiro. Com freqüência, os serviços domésticos acabam parando nos procons e chegam a rivalizar com as reclamações nos serviços de telefonia, água e esgoto e fornecimento de energia elétrica.

Como não existe um órgão regulador para cuidar desses problemas, trata-se de um mercado de livre contratação entre as partes, caracterizado na maioria das vezes pela informalidade econômica. A saída é uma só: cabe ao consumidor fazer a pesquisa prévia de preços e a idoneidade do executor. É diminuto o poder de barganha de quem tem um cano estourado e a casa alagada, mas, para aquele que dispõe de mais tempo, vale a pena fazer uma tomada de preços. Além dos valores cobrados, o cumprimento de prazos e a qualidade dos serviços executados estão entre os principais motivos de queixa dos consumidores no Procon. Quando tenta resolver o problema, o órgão sempre esbarra na ausência de recibo ou contrato. Na falta de provas documentais, fica mais difícil resolver a parada, com prejuízo evidente para o consumidor. O maior trunfo do consumidor, na hora de se defender de um serviço mal executado ou inacabado, é o contrato escrito. Do contrário, os órgãos de defesa ficam impossibilitados de atuar como mediadores em caso de reclamação. A Justiça, porém, aceita testemunhas como evidências.

Por tudo isso, a Associação Brasileira de Normas Técnicas publicou a norma NBR 15968 que especifica o perfil de competência para o pedreiro de vedação, alvenaria estrutural, revestimento vertical externo, revestimento horizontal (contrapiso/piso) e revestimento vertical interno e para o encarregado de pedreiro de obras. Descreve, ainda, que a competência seria o desenvolvimento e a mobilização de conhecimentos, habilidades e atitudes nas dimensões educacionais, técnica, econômica, social, política, ética, cultural e ambiental, considerando-se relações pessoais e interpessoais. É expressa, fundamentalmente, pela capacidade de responder satisfatoriamente às exigências de uma qualificação profissional, com a mobilização de recursos e a participação consciente, crítica e ativa no mundo do trabalho e na esfera social.

Neste contexto, os agentes do setor da construção civil consideram as necessidades de: assegurar a qualidade dos serviços prestados pelos seus profissionais; produzir mais, em menos tempo e com adequação técnica; desenvolver profissionais para acompanhar os avanços tecnológicos dos produtos e processos construtivos; recuperar carências de educação formal e regular e de formação profissional dos que atuam neste setor; desenvolver o capital humano e melhorar as condições de vida dos que nele atuam e de seus familiares.

Dessa forma, entende-se por formação profissional o processo permanente de desenvolvimento de competências de uma dada qualificação profissional. No caso do setor da construção civil, a certificação profissional tem como objetivos: assegurar o nível de competências dos profissionais que atuam ou buscam atuar no setor, como base na totalidade ou em parte das unidades de competências estabelecidas para sua avaliação; garantir um padrão de qualidade adequado às exigências evolutivas dos produtos, elementos e processos construtivos; destacar e valorizar os profissionais de diferentes níveis de competência, criando diferencial competitivo; e proporcionar mecanismo para remuneração justa, com consequente satisfação e motivação daqueles que optarem por evoluir profissionalmente no setor.

A norma especifica que o pedreiro de obras ocupa-se da execução das técnicas construtivas relativas às vedações verticais e horizontais, alvenaria estrutural, revestimento com argamassa, concretagem e montagem de lajes pré-moldadas, organizando o próprio trabalho, conforme projetos, e de acordo com os procedimentos de execução de serviços, normas de segurança, de meio ambiente e saúde, específicas, respeitando os critérios de qualidade e economia. O perfil profissional de pedreiro de obras envolve as seguintes unidades de competências:

– unidade de competência 1: planejar e organizar o próprio trabalho;

– unidade de competência 2: executar alvenaria sem função estrutural;

– unidade de competência 3: executar concretagem;

– unidade de competência 4: montar lajes pré-moldadas;

– unidade de competência 5: executar alvenaria estrutural;

– unidade de competência 6: executar revestimentos em argamassa para pisos, paredes e tetos.

Por meio de tabelas estão mostradas as diferentes unidades de competências do pedreiro de obras, que envolvem os elementos de competência, bem como os componentes de avaliação de competência exigidos para avaliar o perfil do profissional. No Anexo A (informativo) há as recomendações para os meios de trabalho.

Para mais informações sobre a norma, clique no link: NBR15968: Qualificação de pessoas no processo construtivo para edificações – Perfil profissional do pedreiro de obras

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Anúncios

Como a humanidade vai vencer alguns desafios globais?

image%5B1%5D

O MASP é um caminho ordenado, composto de passos e subpassos pré-definidos para a escolha de um problema, análise de suas causas, determinação e planejamento de um conjunto de ações que consistem uma solução, verificação do resultado da solução e realimentação do processo para a melhoria do aprendizado e da própria forma de aplicação em ciclos posteriores. O MASP prescreve como um problema deve ser resolvido e não como ele é resolvido, contrapondo dois modos de tomada de decisão que Bazerman (2004) denomina de “modelo prescritivo” e “modelo descritivo”.

Acesse o site do MASP da Qualipro:

http://www.masp.inf.br/site/

capa_relatórioAs alterações que estão ocorrendo no Planeta nos últimos 20 anos são preocupantes e foram compiladas em uma nova publicação com dados estatísticos pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), que estão no relatório Keeping track of our changing Environment : From Rio to Rio +20. Ele faz parte da série GEO-5 (Panorama Ambiental Global – 5) do PNUMA, o documento de maior autoridade da ONU sobre o estado, as tendências e perspectivas do meio ambiente global. O relatório completo será lançado em maio de 2012, um mês antes da Conferência Rio+20 que acontecerá no Brasil em 2012.

O subsecretário geral da ONU e diretor executivo do PNUMA, Achim Steiner, lembrou que hoje termina o prazo para os governos, empresas e a sociedade civil apresentarem as suas observações sobre como a Rio +20 pode alcançar um resultado de transformação quanto à aceleração e intensificação do desenvolvimento sustentável para um mundo de sete bilhões de pessoas. “O relatório nos leva de volta ao nível básico, destacando desde o rápido acúmulo de gases de efeito estufa até a erosão da biodiversidade e o aumento de 40 por cento no uso dos recursos naturais — mais rápido do que o crescimento da população global. Mas o relatório também mostra o modo como, quando há uma reação, é possível alterar drasticamente a trajetória de tendências perigosas que ameaçam o bem-estar humano — as iniciativas para acabar com produtos químicos que prejudicam a camada de ozônio compõem um exemplo vivo e poderoso”, acrescentou.

Por meio de dados, gráficos e imagens de satélite, o relatório do PNUMA oferece uma ampla gama de informações sobre uma série de questões-chave: população, mudanças climáticas, energia, eficiência no uso de recursos, florestas, segurança alimentar, uso do solo e água potável; com exemplos que vão desde o derretimento de geleiras no oceano Ártico até as novas tendências no uso de energia. Os autores do relatório apontam que a falta de dados sólidos e sistemas de monitoramento para medir o progresso continuam a ser um dos obstáculos para alcançar os objetivos ambientais fixados pela comunidade internacional. O estudo mostra as peças que faltam no nosso conhecimento sobre o estado do ambiente e solicita que esforços globais promovam uma coleta de dados cientificamente credíveis para o monitoramento ambiental.

A Cúpula Eye on Earth, a ser realizada em Abu Dhabi em dezembro de 2011, representa uma oportunidade onde cientistas, decisores políticos e governos vão trabalhar juntos para definir os principais desafios e soluções relacionados com o acesso e o compartilhamento de dados ambientais. É importante ressaltar que Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, popularmente conhecida como Cúpula da Terra – Rio 92, foi convocada no Rio de Janeiro para abordar o estado do ambiente e o desenvolvimento sustentável. O encontro rendeu vários acordos importantes, incluindo a Agenda 21, um plano de ação adotado por mais de 178 governos para enfrentar os impactos humanos sobre o meio ambiente a nível local, nacional e global, bem como tratados fundamentais sobre as mudanças climáticas, a desertificação e a biodiversidade. Em junho de 2012, será realizada a análise desses progressos na Rio +20. Já a Cúpula Eye on Earth (Abu Dhabi / 12-15 de dezembro de 2011) será facilitada pela Iniciativa Global de Dados Ambientais de Abu Dhabi (AGEDI) e hospedada pela Agência Ambiental de Abu Dhabi (EAD) em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). A cúpula Eye on Earth vai intensificar os esforços existentes para encontrar soluções globais unificadas para os problemas que impedem o acesso a dados e informações sobre o meio ambiente. Só consegui acessar o relatório do PNUMA no link http://docs.google.com/gview?url=http://www.uncsd2012.org/rio20/content/documents/212Keeping_Track_UNEP.pdf&embedded=true

Normas comentadas

Confira quais as normas comentadas disponíveis. Elas oferecem mais facilidade para o entendimento e são muito mais fáceis de usar: http://www.target.com.br/portal_new/produtossolucoes/NBR/Comentadas.aspxNBR 14039Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV. Possui 140 páginas de comentários

NBR 5410Instalações elétricas de baixa tensão – Comentada – para windows, versão 2004

NBR ISO 9001 – COMENTADASistemas de gestão da qualidade – Requisitos

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Glossário Técnico Gratuito

Disponível em três línguas, a ferramenta permite procurar termos técnicos traduzidos do português para o inglês e para o espanhol. Acesse no link

http://www.target.com.br/portal_new/ProdutosSolucoes/GlossarioTecnico.aspx

ingles=1&indice=A