European Commission (EC) está recomendando a utilização da ISO 26000

Target CENWin 6.0 – Setor Transportes


A partir de amplo e profundo estudo realizado com instituições que discutem os aspectos técnicos e jurídicos da regulamentação do setor de Transporte, identificamos e selecionamos cuidadosamente, entre mais de 15.000 informações tecnológicas, cerca de 700 Documentos Normativos críticos, obrigatórios e indispensáveis para o dia-a-dia desse Setor. Clique para mais informações.

socialA ISO 26000 é um dos três documentos que estão sendo recomendadas pela EC ou Comissão Europeia (CE) relativa a orientações para as empresas europeias para cumprir seu compromisso com a responsabilidade social. A recomendação vem de uma comunicação publicada recentemente da CE para órgãos da União Europeia (UE) que define uma estratégia renovada para a responsabilidade social empresarial (RSE) na UE 2011-2014. A Comissão tenciona acompanhar os compromissos assumidos pelas empresas europeias com mais de 1000 trabalhadores a ter em conta princípios internacionalmente reconhecidos RSE e orientações e da norma de orientação ISO 26000 sobre responsabilidade social em sua operação. A motivação para impulsionar a responsabilidade social na Europa de acordo com a CE é que, a crise econômica e suas conseqüências sociais, em certo grau de confiança dos consumidores danificado e os níveis de confiança nos negócios. Eles têm focado a atenção do público sobre o desempenho social e ético das empresas. Ao renovar os esforços para promover a RSE agora, a Comissão pretende criar condições favoráveis ​​para o crescimento sustentável, o comportamento empresarial responsável e geração de emprego durável a médio prazo e longo prazo.

No Brasil, a ISO 26000 foi traduzida como NBR ISO 26000. No seu item 6 Orientações sobre temas centrais da responsabilidade social está escrito que, para definir o escopo de sua responsabilidade social, identificar questões relevantes e estabelecer suas prioridades, convem que a organização aborde os seguintes temas centrais: governança organizacional; direitos humanos; práticas de trabalho; meio ambiente; práticas leais de operação; questões relativas ao consumidor; envolvimento e desenvolvimento da comunidade. Os aspectos econômicos, bem como aspectos referentes a saúde e segurança e cadeia de valor, são abordados ao longo dos sete temas centrais, quando apropriado. As diferentes maneiras como os homens e mulheres podem ser afetados por cada um dos sete temas centrais tambem são levadas em conta.

Cada tema central inclui uma série de questões de responsabilidade social, que são descritas nesta seção com suas ações e expectativas relacionadas. Uma vez que a responsabilidade social é dinâmica, refletindo a evolução dos interesses socioambientais e econômicos, outras questões podem aparecer no futuro. Convém que as ações sobre esses temas e questões centrais se baseiem em princípios e práticas de responsabilidade social (ver Seções 4 e 5). Para cada tema central, convem que uma organização identifique e aborde todas as questões que sejam significativas ou relevantes para suas decisões e atividades (ver Seção 5). Ao avaliar a relevância de uma questão, convém levar em consideração objetivos de curto e longo prazos. Entretanto, não há uma ordem predeterminada em que convém que uma organização aborde os temas e questões centrais; isso dependerá da organização e de sua situação ou contexto particulares. Embora os temas centrais sejam interrelacionados e complementares, a natureza da governança organizacional é diferente de outros temas centrais (ver 6.2.1.2). Uma governança organizacional eficaz permite que uma organização aja sobre outros temas e questões centrais e implemente os princípios descritos na Seção 4.

Convém que uma organização tenha uma visão holistica dos temas centrais, ou seja, que considere todos os temas e questões centrais e sua interdependência, em vez de concentrar-se somente em uma única questão. Convém que as organizações estejam cientes de que esforços para abordar uma questão podem envolver urna escolha em detrimento de outras questões. Convem que melhorias que visem especificamente urna questão não afetem negativamente outras questões ou criem impactos negativos no ciclo de vida de seus produtos e serviços, em suas partes interessadas ou na cadeia de valor.

Há muitos benefícios que a responsabilidade social pode trazer para uma organização. Por exemplo: estímulo a um processo decisório com decisões fundamentadas e baseadas em uma melhor compreensão das expectativas da sociedade, das oportunidades associadas à responsabilidade social (inclusive um melhor controle dos riscos legais) e dos riscos de não ser socialmente responsavel; melhoria das práticas de gestão de risco da organização; melhoria da reputação da organização e promoção de uma maior confiança por parte do público; suporte à licença de operação de uma organização; geração de inovação; rnelhoria da competitividade da organização, incluindo acesso a financiamento e status de parceiro preferencial; melhoria do relacionamento da organização com as suas partes interessadas, dessa forma expondo a organizaçao a novas perspectivas e ao contato com diferentes partes interessadas; aumento da fidelidade, do envolvimento. da participação e da moral dos empregados; melhoria da saúde e segurança dos trabalhadores de ambos os sexos; impacto positivo na capacidade da organização de recrutar, motivar e reter seus empregados; economia resultante do aumento de produtividade e eficiência no uso dos recursos, redução no consumo de energia e agua, redução do desperdício e recuperação de subprodutos valiosos; maior confiabilidade e eqüidade das transações por meio de envolvimento político responsável, concorrência leal e ausência de corrupção; e prevenção ou redução de possíveis conflitos com consumidores referentes a produtos ou serviços.

No Anexo A há exemplos de iniciativas e ferramentas voluntárias relacionadas à responsabilidade social. Ao usar esse Anexo é importante lembrar que a NBR ISO 26000 não e uma norma de sistema de gestão. Não visa nem e apropriada para fins de centificação ou uso regulatório ou contratual. Quaisquer ofertas de certificação ou alegações de ser certificado por ela constituem declarações falsas, incompatíveis com a sua intenção ou propósito. As informações fornecidas neste anexo são destinadas simplesmente a oferecer exemplos disponíveis de orientações voluntárias adicionais sobre responsabilidade social.

Embora essas iniciativas possam fornecer orientações úteis sobre responsabilidade social, não há nenhum pré-requisito de que uma organização participe de quaisquer dessas iniciativas ou use quaisquer dessas ferramentas para ser socialmente responsavel. Esse anexo apresenta uma relação não exaustiva de iniciativas e ferramentas voluntárias relacionadas a responsabilidade social. Seu objetivo é fornecer exemplos de iniciativas e ferramentas existentes que possam oferecer orientações adicionais sobre os temas centrais e práticas para integrar a responsabilidade social.

Produtos e Resíduos Perigosos: Classificação, Transporte, FISPQ, FDSR e Rotulagem – Legislação e Normas Brasileiras – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade de Acordo com a NR 10 – Básico – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 554,02 (56% de desconto)

Armazenamento de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

Portal Target – Saiba como é fácil ter acesso às Informações Tecnológicas

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Anúncios

Sistema Fábrica Visual permite às empresas o gerenciamento de indicadores de chão de fábrica em tempo real

claudemir_baixaContate o Claudemir Oribe para um treinamento ou uma palestra em sua empresa sobre o MASP.Também para tirar as suas dúvidas sobre gestão e sobre o MASP. Faça contato com ele: (31) 3391-7646 – 8748-1686 ou pelo e-mail: claudemir@qualypro.com.br

http://www.qualypro.com.br/novosite/default.asp

Acesse o site do MASP da Qualipro:

http://www.masp.inf.br/site/

O Fábrica Visual tem por objetivo agregar dados de diversas fontes em uma aplicação, de maneira a facilitar a coleta e distribuição de informações disponíveis na organização. Essas informações, para serem justificadas, precisam ter visibilidade. Para tanto, podem ser adotadas estratégias como sua disponibilização em um telão, enviadas por e-mails e/ou SMS para pessoas-chave. Desenvolvido pelo LabElectron, da Fundação Certi, possui a função de Planejamento e Controle da Produção é essencial em uma empresa de manufatura, pois organiza os recursos necessários antes de começar a produção. Uma vez que a produção inicia, talvez uma das perguntas mais difíceis de responder ao cliente é o estágio em que a ordem de produção se encontra.
Essa informação e outras relacionadas à execução da produção podem ser críticas, tanto para a organização, como para o cliente. Para a organização, essas informações podem ajudar a dimensionar melhor o parque fabril. Para os clientes, mais informações sobre a execução de sua produção podem oferecer uma maior percepção da qualidade do produto perante seus clientes finais. A disponibilização desses indicadores depende de equipamentos que disponibilizem dados dos processos produtivos e de aplicativos que possam agregar valor aos dados coletados e transformá-los em informações úteis para o cliente, seja interno ou externo. Essas informações sobre o estágio da produção são válidas para manufaturas de todas as escalas de produção. Para organizações que trabalham com grandes séries, mais informações sobre os processos produtivos podem possibilitar otimizações e um melhor balanceamento da linha. Para aquelas organizações que trabalham com pequenas séries, mais informações sobre o processo, viabilizam uma maior quantidade de valor agregado aos bens e serviços oferecidos.
Muitos equipamentos industriais já possuem algum tipo de interface para aquisição de dados. O tipo dessa interface varia bastante, mas também é possível a utilização de um hardware desenvolvido internamente ou, em alguns casos, comprado e adaptado para equipamentos que não disponham de recursos de coleta de dados. Essas informações podem ser disponibilizadas em um repositório central, de maneira que a consulta e emissão de relatórios seja facilitada (Figura 1).

nota 4
Figura 1: Monitoramento de condições ambientais no LABelectron.

Desenvolvimento de soluções personalizadas
As informações pertinentes a um cenário não são necessariamente aplicáveis a outros. Inicialmente, é necessário identificar o público-alvo em perfis e definir quais as informações são mais pertinentes a cada perfil. Para um gerente de fábrica, provavelmente interessam mais os números de produtividade do que o monitoramento de temperatura do óleo em alguma máquina, como mostra na Figura 2, o monitoramento de alguns parâmetros de máquina.

figura 2
Figura 2 – Levantamento de indicadores de máquinas em linha de produção no LABelectron.

Uma vez que os dados a serem coletados de cada equipamento estejam definidos, surge o desafio de coletar e organizar esses dados de maneira a trazerem valor para quem os consulta. Essa percepção de valor varia com o foco do observador. Essas informações podem ser disponibilizadas em um repositório central de maneira que a consulta e emissão de relatórios seja facilitada.
Visando atendimento aos requisitos de diferentes níveis organizacionais, o LABelectron desenvolveu um sistema computacional de coleta e disseminação de informações em uma plataforma web que requer acesso apenas à intranet da empresa. O resultado desse desenvolvimento foi chamado de Fábrica Visual, que é um conjunto de sistemas que podem ser integrados ou operados separadamente. No LABelectron, os componentes do Fábrica Visual em operação são:

  • SCF – Sistema de Chão de Fábrica, que gerencia as ordens de fabricação, instruções de trabalho, rastreabilidade etc.;
  • PCBA SmartQuality, sistema especialista para apontamentos de produção de placas eletrônicas;
  • O painel eletrônico Dashboard, que mostra as informações que ocorrem instantaneamente a respeito das ordens de fabricação abertas.

Para o nível operacional, fornece os planos e instruções de trabalho, promovendo a flexibilidade das linhas de produção. O nível gerencial percebe outros benefícios, como apontamentos de produção, apontamentos de testes de processo, que são traduzidos em indicadores de qualidade, e relatórios de produtividade sob demanda. O nível estratégico percebe funcionalidades mais amplas pela geração de variados relatórios de clientes atendidos, totais produzidos, taxas de refugos, desempenho operacional da linha, interface com relatórios financeiros e outros.
As funcionalidades presentes foram desenvolvidas por uma equipe de engenheiros e analistas que conhecem em profundidade o modelo de operação do LABelectron, mas esses conceitos podem ser aplicados a uma gama de realidades que trarão benefícios particulares a cada situação.
Essa equipe mantém o Fábrica Visual em constante evolução, procurando não somente agregar novas funcionalidades como melhorar a implementação das já existentes (Figuras 3 e 4).

3
Figura 3: Alguns indicadores de produção no LABelectron.

4
Figura 4: Aplicação de envio de SMS do Sistema Fábrica Visual.

Outra funcionalidade bastante interessante é o envio de mensagens de texto para celulares com indicadores de produtividade da fábrica. Mensagens são enviadas automaticamente para números de celular cadastrados na aplicação de acordo com regras estabelecidas pelo cliente. De acordo com as necessidades do cliente, o envio pode ocorrer instantaneamente, ou sob a forma de um apanhado de informações diárias, ou ainda ser programado para enviar alarmes. Para mais informações sobre o Sistema Fábrica Visual, entre em contato com:
Jefferson Mello, engenheiro de desenvolvimento do LABelectron jrl@certi.org.br

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a