A realidade da internet no Brasil

CURSO TÉCNICO

Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade de Acordo com a NR 10 – Básico – Presencial ou Ao Vivo pela Internet
O Curso Target “Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade de Acordo com a NR 10” abrange temas fundamentais, exigidos na nova norma, e garante um treinamento multiplicador, que capacita o participante a aplicá-lo em sua equipe, para que todos os envolvidos atendam aos requisitos da norma. Clique para mais informações.

internetO mercado de provimento de acesso no Brasil é altamente concentrado, com praticamente 80% das conexões fixas fornecidas por apenas seis grandes provedores. Outros 1.928 provedores fornecem os 20% restantes. A informação faz parte da Pesquisa TIC Provedores 2011, divulgada nesta quarta-feira (30) pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br, entidade civil que implementa as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br). Segundo o levantamento, a atuação dos provedores também é geograficamente concentrada: 43% dos provedores atuam na região Sudeste, enquanto apenas 11% e 6% operam nas regiões Centro-Oeste e Norte, respectivamente. Isso reflete a distribuição do acesso domiciliar à internet e evidencia que a concentração dos provedores no sudeste acompanha a concentração econômica do país: 56% do PIB é produzido nessa região.

A pesquisa mostra também que a maioria dos provedores tem sua oferta centralizada nas seguintes faixas de velocidade: até 512 kbps (89%), de 512 kbps a 2Mbps (81%) e de 2Mbps a 12Mbps (48%). O levantamento revela, ainda, que 57% das conexões de banda larga utilizam a tecnologia DSL em rede telefônica, 23% utilizam a tecnologia de cable modem, 10% utilizam redes sem fio, 5% cabo TP (Ethernet), 4% utilizam acesso em fibra óptica. Esse dado reflete as tecnologias ofertadas dado que os pequenos provedores fornecem preponderantemente a tecnologia de rádio do tipo Spread Spectrum (72%) e o acesso sem fio através do MMDS e WIMAX, ofertado por 26% dos provedores. Essas tecnologias atendem a cerca de 10% do mercado. Somente 3% dos provedores oferecem a tecnologia de cable modem e outros 7% oferecem DSL. Juntas, essas tecnologias atendem a 80% do mercado. Assim, quando os provedores são divididos em grandes e pequenos provedores, os resultados se modificam devido ao comportamento distinto entre essas duas categorias quanto ao tipo de tecnologia ofertada.

“Os resultados da pesquisa mostram a importância dos pequenos e médios provedores para a universalização do acesso e sugere que a implantação de redes cabeadas ou de compartilhamento de infraestrutura com as grandes operadoras ainda é um desafio para as operadoras e para o órgão regulador”, diz Alexandre Barbosa, gerente do CETIC.br. A TIC Provedores identificou 1.934 provedores de serviços Internet (PSI) no Brasil, responsáveis pela oferta de 17 milhões de conexões fixas em domicílios e empresas. O levantamento foi feito a partir da análise do cadastro nacional de provedores, construído com o apoio das associações nacionais de provedores, da Teleco – Inteligência em Telecomunicações e da Anatel entre junho de 2010 e junho de 2011.

Já o acesso à internet no Brasil em qualquer ambiente, como domicílios, trabalho, escolas, lan houses ou outros locais, por meio de computadores de mesa ou de notebooks, já chegou a 77,8 milhões de pessoas, segundo o IBOPE Nielsen Online. Mas o uso da internet por aparelhos móveis também se expande, acompanhando o crescimento da venda de dispositivos como tablets e smartphones. A posse de smartphones já corresponde a 8% dos 65,6 milhões de brasileiros de 12 a 75 anos de idade que moram nas principais regiões metropolitanas e no interior do Sul e do Sudeste. Esse número equivale a 5,2 milhões de pessoas, distribuídas principalmente na classe AB, nos grupos de maior renda e escolaridade e entre os jovens de 20 a 34 anos de idade, segundo a pesquisa Target Group Index, do IBOPE Media. O acesso à internet por diferentes tipos de dispositivos móveis é ainda maior. De acordo com a pesquisa TG.Net, do IBOPE Media, o uso frequente de smartphones, Black Berry, iPhones, PDAs ou tablets para ter acesso à internet já chega a 9,3% da população pesquisada. Considerando o total das pessoas que se utilizam desses aparelhos frequentemente ou eventualmente para ter acesso, o índice chega a 16,2%.
Incluindo o uso da internet por outros aparelhos celulares, como os aparelhos comuns, o acesso frequente ou eventual atinge mais de um quarto da população pesquisada (26,3%), ou 17,3 milhões de pessoas. Entre os que têm curso superior, o percentual de utilização é de praticamente 48%.

Percentual de posse de smartphones e de utilização de aparelhos para usar a internet (frequentemente ou às vezes)

Você tem smartphone? Sim, não ou não estou seguro; Com que frequência utiliza os aparelhos para acessar a internet: frequentemente, às vezes ou nunca
Graus de escolaridade completos ou incompletos; até fundamental inclui pessoas sem escolaridade formal; superior inclui pós e MBA
Fonte: TG.Net (mai11-jun11) Target Group Index, BrY11w2+Y12w1 (fev10-jan11). Assim como no caso da internet em casa, o acesso à internet com esses aparelhos está relacionado ainda mais à escolaridade do que à renda. Independentemente da renda, quanto mais alta a escolaridade maior a proporção de usuários de internet por aparelhos móveis.

Aparelhos para usar a internet – frequentemente ou às vezes – percentual e total

Aparelhos para usar a internet – percentual e total (000)

Clique aqui para ampliar
Acesso através de um dispositivo móvel – tipos de sites visitados/últimos seis meses – percentual segundo a faixa etária e a escolaridade

Clique aqui para ampliar

O tipo de site mais visitado em dispositivos móveis é o de email. Nos últimos seis meses, 14% da população pesquisada declarou usar o correio eletrônico. Buscadores, serviços de mensagens ins tantâneas, notícias, mapas e sites sociais também estão entre os mais procurados. Entre as atividades realizadas nos aparelhos móveis, além de ler notícias também se destacam jogar ou baixar jogos e outros arquivos e ver ou baixar vídeos. De acordo com a idade ou com a escolaridade, há interesse maior por determinados serviços. Entre as pessoas de 25 a 34 anos, há grande afinidade com sites de mapas, esportes e clima, enquanto os mais jovens usam bastante sites de jogos, esportes e de comunidades virtuais. Dos adolescentes de 12 a 19 anos da população pesquisada, 11% entram em sites de jogos e 13,7% procuram sites sociais nos dispositivos móveis. Das atividades realizadas nesses aparelhos, as pessoas com mais escolaridade têm grande afinidade com baixar ringtones e consultar anúncios. Na população pesquisada, 6,3% dos que têm formação superior declaram clicar em anúncios em um dispositivo móvel.

Atividades feitas pelo dispositivo móvel – percentual segundo a faixa etária e a escolaridade

Clique aqui para ampliar

Os investimentos de operadoras e de fabricantes em propaganda de aparelhos e serviços de internet móvel também estão em alta no Brasil. No acumulado de janeiro a setembro de 2011, foram investidos mais de 25 milhões de reais em publicidade de tablets e mais de65 milhões de reais em anúncios de smartphones, segundo o Monitor Evolution. O investimento publicitário em serviços de banda larga para a internet móvel foi ainda maior, chegou a quase 160 milhões de reais.

Investimento publicitário — aparelhos e serviço de acesso rápido de internet móvel – acumulado de janeiro a setembro de 2011

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: