Academia Brasileira da Qualidade (ABQ): em estudo o seu logotipo

logotipoA ABQ está em processo de formação e seu logotipo está em estudo. Segundo o seu idealizador, pelo arquétipo e público da Academia Brasileira da Qualidade, a saturação deve ser baixa, já que cores dessaturadas estão associadas a públicos maduros, deve ser baixo, pois a cor de fundo das aplicações do logotipo é branca e uso de “preto” remete à formalidade, como em relatório e outros elementos do mundo acadêmico. O matiz é azul pela sua natureza de baixa energia no espectro das ondas visíveis, associado à tranquilidade e segurança.

Para o diretor presidente, João Mario Csillag, o processo de formação da ABQ caminha muito bem, já que ela será uma organização não governamental e sem fins lucrativos, tendo como membros pessoas experientes e de reconhecida competência profissional adquirida ao longo dos anos em universidades, empresas e outras organizações privadas ou públicas. A condição de membro da Academia é obtida somente por meio de indicação de um ou mais dos Acadêmicos, com aprovação dos outros acadêmicos. A ABQ tem por missão contribuir para o desenvolvimento e difusão da excelência da gestão e do conhecimento teórico e prático da gestão e da engenharia da qualidade, acompanhando sua aplicação para trazer benefícios para todas as pessoas e organizações. No desenvolvimento de suas atividades, a ABQ objetiva essencialmente contribuir para a melhoria da qualidade de vida do ser humano, atuando também em colaboração com organizações públicas e privadas do Brasil e do exterior. Para cumprir sua missão, a ABQ utiliza a liderança, a seriedade e a capacidade profissional de seus membros, de modo individual ou coletivo, e adota comportamentos éticos que contemplam o respeito ao próximo e a todos os públicos, sem qualquer tipo de discriminação, bem como às leis vigentes no Brasil. Seu quadro social é atualmente composto pelos acadêmicos:

– Ariosto Farias Junior;

– Basilio V. Dagnino;

– Dorothea Fonseca Furquim Werneck;

– Edson Pacheco Paladini;

– Eduardo Vieira da Costa Guaragna;

– Eliezer Arantes da Costa;

– Ettore Bresciani Filho;

– Evandro G. Lorentz;

– Fabio E. P. Braga;

– Francisco Paulo Uras;

– Hayrton Rodrigues do Prado Filho;

– Heitor Augusto de Moura Estevão;

– Iris Bento da Silva;

– João Mário Csillag;

– Jorge Gerdau Johannpeter;

– José Israel Vargas;

– José Joaquim do Amaral Ferreira;

– José Paulo Silveira;

– Marcio F. Migues;

– Ozires Silva;

– Paulo Afonso Lopes da Silva;

– Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto;

– Reinaldo Dias Ferraz de Souza;

– Ruy de C. B. Lourenço Filho;

– Vivaldo A. Russo;

– Carlos de Mathias Martins (In memoriam);

– José Ephim Mindlin (In memoriam);

– José Ribeiro da Costa (In memoriam).

Mais informações podem ser obtidas com o Prof. João Mario Csillag: joao.mario.csillag@fgv.br

About these ads

Uma resposta

  1. Tô dentro! Vamos trocar informações, dados, experiências!!!!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.931 outros seguidores

%d bloggers like this: