A otimização do tempo

Para facilitar a consulta e o controle de séries de Normas Técnicas importantes e largamente utilizadas, o sistema CENWin reuniu-as em Coletâneas Digitais, podem ser adquiridas a preços e condições especiais. As Coletâneas Digitais são válidas para auditorias de Sistemas da Qualidade e incorporam todas as vantagens do formato digital, tais como: acesso simultâneo para todos os usuários conectados à rede interna da empresa, ferramentas de busca e impressão, facilidade na atualização, etc.

Coletâneas Disponíveis


Contendo o texto integral das 4 Normas NBR ISO para a Gestão Ambiental.


Contendo o texto integral das 3 Normas NBR ISO para Sistemas da Qualidade.


Contendo o texto integral das 6 Normas NBR para Transporte de Produtos Perigosos.

timeQuando a pessoa desenvolve várias atividades ao mesmo tempo pode ser um processo bastante prejudicial à sua produtividade. Mas antes de reclamar que se tem muitas coisas para fazer e pouco tempo para executá-las, deve-se pensar na forma como se administra o tempo? Algumas atitudes pode ajudar nisso:

– Estabeleça prioridades: todos devem ter prioridades diferentes, mas se o que está em vista é o sucesso, a regra é praticamente a mesma: ocupe a maior parte do dia com tarefas que façam com que se alcance o sucesso. Essa deve ser a prioridade.

– Sincronize a agenda: para otimizar o tempo, é muito importante que se case a agenda com a dos familiares, amigos e colegas de trabalho. Deixe claro para todos o que há priorização e valorização.

– Observe sua rotina: observe seus hábitos durante o dia. Calcule quanto tempo se gasta nas redes sociais, por exemplo. Pode-se surpreender com o resultado. Que tal substituir as horas de procrastinação no Farmville para adiantar aquelas planilhas e relatórios que estão atrasados?

– Tempo é dinheiro: pense em como transformar tempo em dinheiro. Uma das maneiras de fazer isso é simplificar processos burocráticos para que a produtividade diária aumente.

– Atualize as prioridades: é inevitável, em cada fase da vida haver responsabilidades diferentes, e isso, claro, implica em novas prioridades, sejam elas pessoais, profissionais ou familiares. Não se prenda ao passado, mantenha-se atualizado e procure encontrar maneiras de atender às novas demandas.

Dessa maneira, cada vez mais o tempo vale dinheiro e as empresas vem tratando como grande diferencial de um colaborador a capacidade de organizar bem o tempo de serviço, produzindo adequadamente dentro dos horários de trabalho, evitando horas extras e dando os retornos necessários. “O ritmo alucinante das mudanças, a avalanche de dados e informações, a pressão do mercado para se produzir mais, com menor custo e tempo possíveis, reforçam a necessidade de gestão compartilhada e produtiva do tempo para garantir lucratividade, empregos bons e estáveis com qualidade devida”, explica o diretor executivo da Innovia Training & Consulting, Ricardo Barbosa.

Porém, as dificuldades para um profissional se adequar a esta demanda de mercado é muito grande. O diretor da Innovia detalha pontos que potencializam estas dificuldades:

· Ausência de foco – O colaborador acumula várias obrigações e deseja resolver tudo ao mesmo tempo, o resultado é que nenhuma das obrigações é feita;

· Falta de concentração na tarefa em execução – o colaborador leva para empresa problemas pessoais, além de conversas paralelas que faz com que o resultado fique prejudicado;

· Ausência de planejamento – Não sabendo se planejar ocorre confusão e não se estabelece prioridades;

· Acomodação que gera desmotivação – Muitos colaboradores não buscam fazer um trabalho diferenciado, criando um ciclo vicioso na relação acomodação e desmotivação;

· Procrastinação – deixar tudo que se pode fazer hoje para o amanhã;

· Refém de ferramentas tecnológicas – as pessoas ficam apegadas ao celular e ao uso de e-mail de forma errada (checar caixa de correspondência toda hora).

Por outro lado Ricardo Barbosa reforça que isso não significa que o colaborador não tem direito de descansar e que o chefe deve ser carrasco. ” O descanso é fundamental para que se possa ser produtiva. Nenhum profissional é 100% do seu tempo, temos que cada vez mais exercer o famoso ócio criativo. Assim é necessário relações balanceadas. Uma forma eficaz é utilizar o quadrante do tempo, onde você irá separar suas atividades em: Crises (importante e urgente), Urgências (urgente mas não importante), Planejamento (importante mas não urgente) e Rotina (nem importante e nem urgente)”.

A pessoa estabelecendo bem esta relação com o tempo terá muito mais tempo para sua vida pessoal, caindo com o mito de que o colaborador dedicado é o que só pensa no trabalho. “Só pensar no trabalho não é bom, pois afeta diretamente a nossa saúde, família e qualidade de vida. Quando planejamos nossas atividades, conseguiremos ser produtivos”, alerta o diretor da Innovia.

Veja as principais dicas para que um colaborador otimize seu tempo:

· Estabelecer prioridades;

· Disciplinar reuniões;

· Disciplinar horários para conversas;

· Estabelecer código de conduta telefônica e para o uso do computador;

· Classificar coisas ativas que são importantes e urgentes;

· Evitar acumular funções que não sejam as suas.

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Facebook: http://www.facebook.com/#!/hayrton.prado

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: