Os requisitos obrigatórios dos fósforos de segurança

Sistema Target GEDWEB

O Target GEDWEB é a ferramenta definitiva para facilitar e agilizar o controle e o acesso on-line dos documentos internos e externos utilizados pelas empresas. Desenvolvido para gerenciar grandes acervos de normas e documentos técnicos, o Target GEDWEB permite a centralização e a unificação das informações técnicas. Além disso, disponibiliza esses documentos de maneira fácil e simples em ambiente Web, para a aprovação, busca, visualização e impressão por múltiplos usuários, garantido, assim, o cumprimento dos rígidos requisitos das Normas de Sistemas da Qualidade.
O Target GEDWEB também inclui acesso a regulamentos técnicos e portarias emitidas pelo INMETRO, normas regulamentadoras emitidas pelo MTE, glossário técnico especializado português-inglês-espanhol e ao Target Gênius Resposta Direta, o mais avançado e inovador sistema de perguntas e respostas sobre requisitos específicos de Normas Técnicas.

imagem_rodape

Os fósforos de segurança possuem uma característica diferenciada: têm os elementos químicos que produzem chama separados: na cabeça e na lixa, que só acendem quando do momento do atrito. O Inmetro publicou um Regulamento Técnico de Qualidade para esse produto: http://www.inmetro.gov.br/legislacao/rtac/pdf/RTAC001887.pdf Conforme ele estabelece, há as seguintes definições: cabeça: material combustível, localizado em uma das extremidades do palito, que acende quando friccionado contra uma superfície de acendimento apropriada: caixa de fósforos: embalagem primária, unitária, para acondicionar os fósforos e que contém a superfície de acendimento apropriada; pacote: embalagem secundária, que acondiciona e protege as caixas de fósforos; fósforos de segurança: produto composto de palito e cabeça, projetado para só acender quando friccionado contra uma superfície de acendimento apropriada; palito: haste rígida de madeira que suporta a cabeça e serve para manter a continuidade da chama; superfície de acendimento apropriada: lixa que contém o material que, quando combinado, por fricção, com o material combustível existente na cabeça do palito, promove o acendimento do fósforo.

A cabeça dos palitos não possui pólvora e também ao contrário do que muitos pensam, o produto químico fósforo não esta na cabeça e sim na lixa, área externa da caixa de palitos. Na cabeça do palito de fósforo, há vários produtos químicos (oxidantes, combustíveis, aglutinantes, catalisadores de reação e materiais de carga), onde existe uma predominância do sal clorato de potássio (KclO3).

Cuidado no manuseio dos fósforos

Embora com o nome de fósforos de segurança, isto não significa material totalmente livre de riscos, deve-se sempre deixar este material longe do fogo e afastado de produtos inflamáveis, e guardados fora do alcance das crianças. Os fósforos devem estar com a cabeça dentro da caixa e permanecerem retidos mesmo quando a caixa fechada for orientada em qualquer direção. Devem possuir no mínimo 35 (trinta e cinco) milímetros de comprimento. Os palitos de fósforos devem estar livres de quebras, parcial ou integral, que impossibilitem o uso do produto. Os palitos de fósforo devem ter cabeça com comprimento entre 2 (dois) e 8 (oito) milímetros, em todo o seu perímetro. As cabeças não podem apresentar quebras. Os fósforos não podem apresentar cabeças coladas. As caixas devem possuir ao menos uma superfície de acendimento na face lateral, uniformemente distribuída, que não pode estar presente no interior da caixa, de forma a evitar o acendimento não intencional dos fósforos. Os fósforos devem acender sem que ocorra quebra do palito antes ou após o acendimento. Durante o acendimento, não pode haver separação ou fragmentação da cabeça, ou desprendimento de fagulhas. Após o acendimento, deve ocorrer transferência da chama da cabeça para o palito. A chama deve ser mantida por pelo menos 6 (seis) segundos ou queimar até a metade do comprimento do palito (o que ocorrer primeiro), sem que haja gotejamento.

Após a extinção da chama, não pode ser observada incandescência no palito por mais do que 4 (quatro) segundos. Os fósforos não podem acender em superfície de lixa à prova d’água, graus P80 e P600 novas (papel de carbeto de silício). Os fósforos contidos na caixa não podem acender espontaneamente. A superfície de acendimento não pode ser removida, de maneira a expor a superfície subjacente da caixa. A superfície de acendimento deve ser capaz de acender todos os fósforos contidos na caixa, utilizando-se apenas a metade da superfície de acendimento disponível. Quando solta de uma altura determinada, a caixa de fósforos, com todo o seu conteúdo, não pode permitir o acendimento, bem como a saída completa de fósforos individuais. As caixas de fósforos e os pacotes devem ser rotulados de forma a atender à Lei nº 8.078 e à Portaria Inmetro nº 157 de 19 de agosto de 2002. Além disso, o rótulo deve conter:

a) Identificação do produto (Nome e/ou marca do produto);

b) Conteúdo nominal (quantidade de produto indicada);

c) Composição do produto;

d) Identificação do fabricante, importador ou distribuidor (razão social e CNPJ);

e) Origem do produto (Indústria Brasileira, por exemplo);

f) Lote ou data de fabricação;

g) Informação sobre a validade do produto (“Produto não perecível”);

h) Telefone do Serviço de Atendimento ao Cliente, e-mail ou endereço do fabricante, importador ou distribuidor;

i) Os dizeres: “Mantenha longe de crianças, do calor e umidade” e “Não riscar na direção do corpo e nem com a caixa aberta”.

j) Desenho esquemático com a indicação da forma correta de utilização (Figura 1) – Item opcional para caixas de fósforos de madeira, sendo obrigatório para os demais tipos de caixas e para os pacotes.

A conformidade dos fósforos de segurança quanto aos requisitos 5.1 a 5.7 e 5.17 deste RTQ deve ser demonstrada por meio de inspeção visual e medições. A conformidade dos fósforos de segurança quanto aos demais requisitos essenciais deve ser demonstrada por meio dos ensaios enumerados na Tabela 1. As amostras devem ser acondicionadas em ambiente a (23 ± 5) ºC e (60 ± 10) % de umidade relativa, por período de 24h. Os ensaios devem ser executados nas mesmas condições de acondicionamento.

Tabela 1. Ensaios a serem realizados em fósforos de segurança

Quanto ao método de ensaio de acendimento, deve-se assegurar que este ensaio seja conduzido em um ambiente livre de corrente de ar e que os fósforos sejam mantidos estáticos uma vez que o acendimento tenha sido iniciado. Posicionar a caixa de fósforos sobre uma folha de papel branco, formato A4, com gramatura (40 ± 5) g/m2. Segurar o fósforo entre o dedo polegar e o indicador, a uma distância de aproximadamente 15 mm da cabeça, e riscar contra a superfície de acendimento, conforme Figura 1. A média de força de riscagem de todos os fósforos ensaiados deve ser ≥ 2,5 N e ≤ 3 N. Serão desconsiderados os eventos individuais quando forem observados quebra do palito, separação ou fragmentação da cabeça ocorridos com a aplicação de força > 3 N. Logo após o acendimento da cabeça, o fósforo deve ser orientado na posição horizontal. Registrar qualquer quebra do palito, antes ou após o acendimento, bem como qualquer falha de acendimento. Durante o acendimento, registrar qualquer separação ou fragmentação da cabeça, ou desprendimento de fagulha. Após o acendimento, registrar falha de transferência da chama da cabeça para o palito. Permitir que o fósforo continue a queimar, na posição horizontal. Registrar se a chama não atinge metade do comprimento do palito ou se não permanece acesa durante pelo menos 6 (seis) segundos, bem como qualquer ocorrência de gotejamento. Em seguida, extinguir a chama com um sopro de ar e registrar se ocorre incandescência no palito por mais do que 4 (quatro) segundos. Riscar o fósforo sobre uma superfície de lixa à prova d’água, grau P80 nova e registrar se ocorre acendimento. Riscar o fósforo sobre uma superfície de lixa à prova d’água, grau P600 nova e registrar se ocorre acendimento.

Figura 2 – Direção de acendimento dos fósforos de segurança

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: