Qualidade de vida: saiba como evitar a Tensão Pré-Menstrual (TPM) consumindo alimentos saudáveis

COLETÂNEA DE NORMAS

Coletânea Série Transportes

Coletânea Digital Target com as Normas Técnicas, Regulamentos, etc, relacionadas à Transportes!
Saiba Mais…

Qualidade

tpm10A história se repete todos os meses. Segundo dados da Associação Brasileira de Endocrinologia, cerca de 30% das mulheres apresentam sintomas relacionados à TPM. Irritabilidade, dificuldade de concentração, choro repentino, compulsão alimentar, falta de sono, acne, dor de cabeça e inchaço, são apenas alguns dos sintomas que muitas já conhecem. E para quem não sabe, conseguir alivio para tudo isso pode ser mais fácil do que parece. Segundo a nutricionista Leopoldina Takahashi, do programa de educação alimentar da Risa Restaurantes Empresariais (PR), a maioria dos sintomas da TPM tem relação com a alimentação. “Alguns nutrientes podem estar sendo consumidos em excesso, outros não. É preciso avaliar a rotina alimentar de cada mulher e fazer os ajustes necessários para que as vantagens comecem a aparecer no dia-a-dia”, comenta.

Problemas como crises de choro e irritabilidade, por exemplo, acontecem 10 dias antes da menstruação e são decorrentes da falta de cálcio e vitamina B6. Em vez de gastar dinheiro com remédio e consultas médicas, opte por alimentos saudáveis. O cálcio pode ser encontrado no leite, sorvete, iogurte e queijo, mas lembre-se de escolher os desnatadas e com pouca gordura. Carnes, banana, lentilha e batata, por sua vez, são ricas fontes de vitamina B6. “Nossa dica é inserir estes alimentos no dia a dia, mas se não for possível, a dica é iniciar pelo menos duas semanas antes do período menstrual. Temos muitos grupos de alimentos e, por isso, o mais recomendado é que as mulheres que tenham TPM procurem um acompanhamento nutricional personalizado, encontrando a melhor solução para espantar os sintomas”, acrescenta a nutricionista da Risa.

Leopoldina disse ainda que para obter resultados ainda melhores, é importante aliar alimentação saudável com exercícios físicos. “Para mulheres em menopausa – que acontece quando o ciclo reprodutivo acaba – mudanças fisiológicas como redução do brilho da pele, ressecamento vaginal, desequilíbrio de colesterol, humor e do cálcio, que pode causar osteoporose, vale a mesma dica. Procure um nutricionista para fazer um tratamento preventivo natural, através do consumo de alimentos e da prática de atividades físicas”.

Entre algumas das opções que devem estar no cardápio daquelas que têm TPM estão os alimentos integrais como arroz e pão, granola, aveia, soja e derivados, broto de alfafa, semente e pó de linhaça, peixes, semente de gergelim, feijão, lentilha, grão de bico, oleaginosas como avelã e pistache, frutas, leite e derivados, água, etc. Já na lista dos alimentos que devem ser evitados está o café, refrigerantes, embutidos, adoçantes e produtos dietéticos, chá preto, erva mate, chocolates, bebidas alcoólicas, carnes vermelhas, alimentos gordurosos, açucares e sal. “É preciso dosar as quantidades e equilibrar o cardápio do dia-a-dia. Além de aliviar os sintomas da TPM, essa rotina garante uma vida mais saudável para todos”, complementa Leopoldina.

Enfim, esse é um tema que interessa não só às mulheres, mas aos homens, especialmente. Ela se caracteriza por um conjunto de sintomas e sinais que se manifesta um pouco antes da menstruação e desaparece com ela. Se eles persistirem, não se trata da síndrome de TPM, que está diretamente relacionada com a produção dos hormônios femininos. Do ponto de vista dos hormônios sexuais, os homens são muito mais simples do que as mulheres. Eles fabricam testosterona cuja produção começa a cair inexorável e lentamente a partir dos 20, 30 anos de idade. As transformações que essa queda provoca no humor masculino são, de certa forma, previsíveis e é por isso que as mulheres dizem que os homens são todos iguais. Com elas, é diferente. A concentração dos hormônios sexuais varia no decorrer do ciclo menstrual.

Assim que termina a menstruação, tem início a produção de estrógeno, que atinge seu pico ao redor do 14º dia do ciclo, quando começa a cair e a aumentar a produção de progesterona. O nível desses dois hormônios, porém, praticamente chega a zero durante a menstruação. Portanto, em cada dia do mês, a mulher tem uma concentração de hormônios sexuais diferente da do dia anterior e diferente da do dia seguinte. O impacto que isso provoca no humor feminino também oscila de um dia para o outro. Por isso, os homens dizem que as mulheres são difíceis de entender.

Confira uma sugestão de cardápio elaborada pela nutricionista:

Desjejum: 1 copo de leite de soja e 1 fatia de pão integral com ricota

Colação: 1 banana

Almoço: salada de alface e beterraba, brócolis, arroz integral, feijão e peito de frango grelhado.

Lanche: mix de oleaginosas e frutas secas (50 gramas)

Janta: salada de rúcula com tomate e grão de bico, arroz integral e filé de peixe grelhado

Ceia: mingau de aveia com leite desnatado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: