Os requisitos dos isoladores para linhas aéreas

Sistemas de Informações Tecnológicas Target Gedweb

Inspetor de Conformidade das Instalações Elétricas de Baixa Tensão de acordo com a NBR 5410 – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 320,57 (56% de desconto)

Interpretação e Aplicações da Norma Regulamentadora Nº 13 (NR-13) do MTE (Inspeção de Segurança de Caldeiras e Vasos de Pressão) – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas – Presencial ou Ao Vivo pela Internet – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

isoladoresA NBR 15122 de 05/2013 – Isoladores para linhas aéreas – Isoladores compostos tipo suspensão e tipo ancoragem, para sistemas em corrente alternada com tensões nominais acima de 1 000 V – Definições, métodos de ensaio e critério de aceitação define os termos usados e especifica os métodos de ensaio e respectivos critérios de aceitação para isoladores compostos. Os isoladores compostos cobertos por essa norma são previstos para serem usados em suspensão ou ancoragem, mas deve-se observar que esses isoladores podem ocasionalmente ser submetidos à compressão ou flexão, por exemplo, quando usados como espaçadores entre fases. Nesse caso o isolador passa a ser denominado isolador distanciador.

Essa norma pode ser parcialmente aplicada a isoladores compostos híbridos cujo núcleo é feito de material homogêneo (porcelana, resina) (ver Seção 7). Não inclui requisitos que tratam da escolha de isoladores para condições específicas de operação. Na identificação dos isoladores, deve-se atender aos requisitos da NBR 15643, devendo ainda cada isolador ser marcado com sua carga mecânica nominal e a identificação do lote (número de série ou código de rastreio).

As condições ambientais usuais para as quais os isoladores podem ser submetidos, quando em operação, são definidas na NBR 15643. No transporte, armazenagem e instalação, devem ser atendidos os requisitos da NBR 15643, sendo que as informações quanto ao manuseio de isoladores compostos podem ser obtidas na publicação técnica do Cigré número 184.

Durante a instalação, ou quando usado em configurações não normalizadas, os isoladores compostos de suspensão podem ser submetidos a uma torção elevada, cargas de compressão ou deflexão para as quais eles não foram projetados. O Anexo C fornece um guia para tais cargas. Como estabelecido na Seção 1, essa norma pode ser parcialmente aplicada a isoladores híbridos cujo núcleo ou partes integrantes são constituídos por material homogêneo (porcelana, vidro).

Em geral, os ensaios mecânicos carga–tempo e os ensaios no material do núcleo não se aplicam a núcleos de porcelana ou vidro. Para tais isoladores, as partes interessadas devem fazer um acordo quanto à seleção dos ensaios dessa norma e da NBR 5032 a serem utilizados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: