Como reter talentos?

NORMAS TÉCNICAS INTERNACIONAIS

Assessoria em normas internacionais e estrangeiras: a Target oferece a consultoria definitiva que sua empresa precisa em normalização internacional e estrangeira: a melhor maneira de assegurar a confiabilidade de suas informações e de manter-se atualizado com relação aos padrões de qualidade de produtos e serviços do mundo.

Pesquisas: entendemos sua necessidade e localizamos, com rapidez e eficiência, diversos tipos de normas em entidades de normalização de qualquer parte do mundo.

Gerenciamento: informamos sobre o status das normas de seu acervo, e sobre qualquer alteração, revisão ou publicação de novas normas de seu interesse. A partir daí, você decide se vai ou não atualizar suas normas.

Tradução: uma equipe de profissionais, especializados em normalização e traduções técnicas, está apta a fornecer o melhor serviço de tradução de normas internacionais e estrangeiras. Os serviços de tradução também oferecem a formatação e adequação da norma dentro dos padrões das Normas Brasileiras.

Para solicitações ou mais informações, clique aqui.

Marcus Garcia

Um dos papéis mais importantes de um gestor é gerar bons resultados para a empresa. Para obter o sucesso na organização, precisa contar com uma equipe de profissionais experientes, que entendam a política organizacional, possuam o domínio de suas funções e com disposição para enfrentar desafios. Mas, de que modo é possível manter esses talentos na empresa?

O desenvolvimento humano sugere a aplicação do potencial de cada um em prol de realizações que o tornem mais feliz e melhor para si mesmo e para a sociedade. Por isso, conhecer o colaborador é o primeiro passo para reter um talento. É importante perceber qual o perfil de cada um e reconhecer o talento associado à sua experiência e conhecimento técnico.

Além disso, os desafios também são poderosos para despertar o interesse desses talentos. Há aqueles que buscam o reconhecimento no trabalho e os que esperam uma promoção. Observar as características e saber interpretar as manifestações indiretas de cada indivíduo, como baixa produtividade, desmotivação e faltas não justificadas, ajudam a detectar o perfil de um colaborador.

Há gestores que recompensam os funcionários que se destacam com melhores salários ou premiações. Isso apenas resolve temporariamente um problema e não evitará que busquem novas oportunidades. Os grandes talentos são exigentes em relação aos desafios e é a gestão que precisa saber identificar essas peculiaridades de seus colaboradores para que queiram permanecer na organização.

Engana-se ainda o gestor que acredita que um aumento de tarefas possa ser um desafio para o colaborador. Isso pode resultar em um acúmulo de funções e estresse – para as sazonalidades em que ocorrem as sobrecargas no trabalho, as contratações temporárias de funcionários ajudam a diminuir as altas cargas desses períodos.

Saber ouvir o colaborador ajudará a identificar os talentos e mantê-lo na organização. Fazer fóruns e ouvir os funcionários em brainstorms, além de funcionar para discutir ideias e melhorar o ambiente corporativo, levam as pessoas a sentirem-se como reais integrantes da empresa, e ajudam os gestores a conhecer ainda mais seus colaboradores.

Marcus Garcia tem formação na área de Educação e Tecnologia da Informação, leciona há 30 anos e é palestrante há 15. Já escreveu 17 livros nas áreas técnicas, motivacionais e educacionais, entre eles “Sucesso: uma questão de identidade” e as séries “Educação Profissional” e “A Escola no Século XXI”. Para mais informações sobre o palestrante, é só acessar o site: www.marcusgarcia.pro.br