Motivação e seus impactos nas organizações e nas pessoas (Parte 4 – Final)

Curtos-Circuitos e Seletividade em Instalações Elétricas Industriais – Conheça as Técnicas e Corretas Especificações – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

Armazenamento de Líquidos Inflamáveis e Combustíveis de acordo com a Revisão da Norma ABNT NBR 17505 – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

Inspetor de Conformidade das Instalações Elétricas de Baixa Tensão de acordo com a NBR 5410 – A partir de 3 x R$ 320,57 (56% de desconto)

Interpretação e Aplicações da Norma Regulamentadora Nº 13 (NR-13) do MTE (Inspeção de Segurança de Caldeiras e Vasos de Pressão) – A partir de 3 x R$ 257,81 (56% de desconto)

A questão motivacional, no âmbito empresarial, tem relativa importância no momento atual, a fim de manter um colaborador motivado a exercer suas atividades dentro do âmbito da organização

Priscila Ferreira da Silva de Souza

As necessidades não satisfeitas, não significam que o colaborador permanecerá eternamente frustrado, de alguma maneira ele irá compensar ou será transferida por outra necessidade. Perante este fato, percebe-se que a motivação é um estado constante na vida pessoal e profissional do ser humano. Segundo Chiavenato, não se pretende discutir nenhuma dessas teorias em particular, mas tentar um novo enfoque, mais em termos de como se passa a psicodinâmica interna motivacional, do que em termos de levantar os tipos de objetivos perseguidos pelas pessoas.

Como se percebe, o desenvolvimento motivacional além de trazer benefícios e melhoria para o ambiente da empresa, no que diz relação à “empresa – colaborador”, “colaborador – cliente”, produtividade, comprometimento, e no desenvolvimento da mesma, traz também grande aprimoramento nas relações externas, dando uma visão e uma imagem exemplar para outras organizações, e para a sociedade, de certa forma contribui para um desenvolvimento melhor do ambiente social. Contudo, todo o emprego, e todo o processo de desenvolvimento, têm que ter o interesse e o comprometimento das partes envolvidas, para ter excelência em seus objetivos.

Levando em consideração toda necessidade humana, há três alternativas: satisfação pessoal, a pessoa libera a tensão e volta ao equilíbrio com suas necessidades satisfeitas; satisfazer necessidades parcialmente através da compensação liberando a tensão e voltando ao equilíbrio e a frustração pessoal através de uma barreira que impede de atingir a satisfação da necessidade e então a tensão verbal deve ser liberada através da agressividade, sendo que essa agressividade pode ser verbal, simbólica e até física.

Enfim, há várias teorias dos principais autores supracitados como Maslow, McGregor, Herzberg, McClelland e Chiavenato, considerados importantes em se tratando sobre o tema motivação, dentre os vários segredos para o sucesso empresarial; “Um deles seria contar com pessoas certas nos cargos certos ”e garantir que esteja dando o máximo de contribuição para o crescimento da organização. Durante a realização desta pesquisa também foi possível observar que é de extrema importância a busca por ferramentas para que os colaboradores sintam-se motivados.

O segredo está em enxergar esses colaboradores como vantagem competitiva aplicando os mesmos no âmbito empresarial. Os objetivos inicialmente determinados foram alcançados, identificando os principais fatores que levam ou não a motivação de cada ser humano, pois, conseguiu-se expor a importância do processo motivacional dentro das organizações.

Conclui que todas as teorias explicadas sobre a motivação têm uma grande influência nas organizações. Portanto, para que se tenha a capacidade de melhoria continua na motivação dos colaboradores, é necessário que se pense sobre tais teorias aqui mencionadas, dando maior ênfase na teoria de Herzberg (fatores motivacionais) e McGregor (teoria Y), que a meu ver são as mais importantes, pois aplicando as mesmas surgirá o que remete o foco do artigo: – o colaborador desejado em todas as organizações.

Por fim, acredita-se que, valorizando e motivando o ser humano acreditando em seu potencial o resultado será a retribuição em trabalho com afinco e responsabilidade, tornando assim os colaboradores satisfeitos em permanecer a uma organização que lhe valorize, e essa atinge seus objetivos destacando-se no mundo empresarial e competitivo.

Referências

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Motivação nas organizações. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

CAVALCANTI,Vera Lucia et al. Liderança e Motivação. 3. Ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração de recursos humanos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução a teoria geral da administração. 7. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: o novo papel dos Recursos Humanos nas Organizações. Ed. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

FRANÇA, Ana Cristina Limongi. Comportamento organizacional: conceitos e práticas. São Paulo: Ed Saraiva, 2006.

LIMA, Marcela. A Motivação dos funcionários com os benefícios da alpargatas S/A: um estudo de caso. Artigo PDF. Disponível em<http://unipe.br/blog/administracao/wp-content/uploads/2008/11/a-motivacao-do s-funcionarios-com-os-beneficios-da-alpargatas-um-estudo-de-caso.pdf>. Acesso em: 08. out. 2010.

MACÊDO, Ivanildo Izaias et al. Aspectos comportamentais: da gestão de pessoas. 9 ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Ed FGV, 2007.

PASQUETTI, Luis Antonio. Motivação nas Organizações: pesquisa sobre a situação motivacional em empresas e instituições de Brasília na percepção dos funcionários. Artigo PDF.Disponível em <http://www.anaceu.org.br/conteudo/artigos/publicacoes/06%20-%20Publicacoes %20-%20Luis%20Antonio%20Pasquetti.pdf>. Acesso em: 24 set. 2010

PINK, Daniel H. Motivação 3.0 Os novos fatores motivacionais para a realização pessoal e profissinal. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

Priscila Ferreira da Silva de Souza apresentou esse texto à Faculdade São Francisco de Assis – UNIFIN como parte dos requisitos para obtenção do título de Bacharel em Administração, tendo como orientador o professor Flávio Henriques Fulginiti.

Anúncios

2 Respostas

  1. Concordo plenamente Priscila, a motivação do trabalho se inicia com a plena valorização pessoal de cada colaborador dentro da oraganização. Parabens pelo artigo.

  2. Obrigada Valderez, após estudo fica claro que colaboradores motivados/ incentivados, geram muito mais $$$ para suas organizações. Unir do útil ao agradável tanto para as empresas quanto para os colaboradores, criando metas, responsabilidades, valorizando…existem inúmeras maneiras de motivar as pessoas, basta acreditar no potencial delas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: