Os novos princípios da gestão da qualidade

Baseado no Draft International Standard (DIS) da ISO 9001 – Quality Management Systems escrevi um texto sobre o assunto https://qualidadeonline.wordpress.com/2014/05/26/iso-90012015/ Nesse mesmo draft há uma nova abordagem dos princípios da gestão da qualidade.

princpios.jpgNo documento são apresentados os sete princípios de gestão da qualidade em que as normas da ISO se baseiam. Os princípios foram desenvolvidos e atualizados por especialistas internacionais do ISO/TC 176. O Anexo A fornece, então, uma “declaração”, descrevendo cada um dos princípios, e uma “justificativa”, explicando porque uma organização deve adotar o princípio.

1) Foco no Cliente

Declaração – O foco principal da gestão da qualidade é atender as necessidades dos clientes e se esforçar para ultrapassar as suas expectativas.

Justificativa – O sucesso sustentado é alcançado quando uma organização atrai e retém a confiança dos clientes e de outras partes interessadas, de quem depende . Cada aspecto da interação com o cliente fornece uma oportunidade de criar mais valor para ele. Compreender as necessidades atuais e futuras dos clientes e outras partes interessadas contribui para o sucesso sustentado de uma organização.

2) Liderança

Declaração – Os líderes em todos os níveis devem estabelecer a unidade de propósito e direção, e criar as condições para que as pessoas estejam engajadas na realização dos objetivos da qualidade na organização.

Justificativa – A criação de uma unidade de propósito, a direção e o engajamento permitem a uma organização alinhar suas estratégias, políticas, processos e recursos para alcançar seus objetivos.

3) Envolvimento das Pessoas

Declaração – É essencial para a organização que todas as pessoas sejam competentes, capacitadas e engajadas na entrega de valor. Pessoas competentes, habilitadas e engajadas em toda a organização aumentam a sua capacidade de criar valor.

Justificativa – Para gerenciar uma organização eficaz e eficiente, é importante envolver todas as pessoas em todos os níveis e respeitá-las como indivíduos. O reconhecimento, a capacitação e o aprimoramento de habilidades e conhecimento facilitam o engajamento das pessoas na realização dos objetivos da organização.

4) Abordagem por Processo

Declaração – Os resultados consistentes e previsíveis são alcançados de forma mais eficaz e eficiente quando as atividades são compreendidas por uma gestão por processos inter-relacionados e que funcionem como um sistema coerente.

Justificativa – O sistema de gestão da qualidade é composto de processos inter-relacionados. Compreender como os resultados são produzidos por este sistema, incluindo todos os seus processos, recursos, controles e interações, permite à organização otimizar o seu desempenho.

5) Melhoria

Declaração – As organizações de sucesso têm um foco contínuo na melhoria.

Justificativa – A melhoria é essencial para uma organização manter os níveis atuais de desempenho, para reagir às alterações em suas condições internas e externas e para criar novas oportunidades.

6) Tomada de Decisão baseada em evidências

Declaração – As decisões com base na análise e na avaliação de dados e informações são mais propensas a produzir os resultados desejados.

Justificativa – A tomada de decisão pode ser um processo complexo, e ele sempre envolve alguma incerteza. Muitas vezes, envolve vários tipos e fontes de entradas, bem como a sua interpretação, que pode ser subjetiva. É importante compreender as relações de causa e efeito e possíveis consequências não intencionais. Fatos, evidências e análise de dados levam a uma maior objetividade e confiança nas decisões tomadas.

7) Gestão de Relacionamento

Declaração – Para o sucesso sustentado, as organizações devem gerenciar seus relacionamentos com as partes interessadas, tais como os seus fornecedores.

Justificativa – As partes interessadas ​​influenciam o desempenho de uma organização. O sucesso sustentado é mais provável que seja alcançado quando uma organização gerencia os relacionamentos com suas partes interessadas para otimizar o impacto sobre seu desempenho. A gestão de relacionamento com sua rede de fornecedores e parceiros é muitas vezes de importância vital.

Anúncios

12 passos para criar novos e saudáveis hábitos

SOLUÇÕES PARA A GESTÃO DE ACERVOS

Controlar e manter o seu acervo de normas técnicas e de documentos internos e externos sempre atualizados e disponíveis para compartilhamento entre todos os usuários é hoje um grande desafio em diversas organizações por envolver a dedicação e o esforço de vários profissionais.

As Normas de Sistemas da Qualidade – série ISO 9000, são rigorosas quanto aos critérios de controle, atualização e disponibilização de documentos corporativos aos seus usuários. Tanto os documentos de origem interna como externa, devem ser controlados para evitar a utilização de informações não-válidas e/ou obsoletas, cujo uso pode trazer sérios problemas aos sistemas, produtos e negócios da empresa.

É por isso que a Target Engenharia e Consultoria desenvolveu Sistemas que gerenciam e controlam estes documentos de forma rápida, ágil e segura, facilitando o acesso à informação e ajudando os seus clientes a garantirem suas certificações.

Target GEDWeb
O Target GEDWeb – Gerenciador Eletrônico de Documentos via Web da Target – é o único Portal Corporativo no mercado que possibilita o gerenciamento de grandes acervos…

Portal de Normas
Inclua Normas Técnicas Brasileiras em sua Biblioteca Técnica Digital com um simples clique

Normas.com.br
O normas.com.br é a solução mais fácil para você buscar, visualizar e controlar Normas Técnicas NBR, regulamentos técnicos e a várias outras informações técnicas restritas.

Ernesto Berg

Veja algumas dicas importantes de como criar novos hábitos. Com um pouco de autodisciplina você pode fazê-lo e, depois, é só sustentar o novo hábito com um mínimo esforço.  

1-Comprometa-se pelo prazo de 30 dias

Estudos revelam que, se você mantiver um hábito por 21 dias consecutivos (três semanas), ele passará a fazer parte de seus novos hábitos definitivamente. Logo, três a quatro semanas é o que você precisa para fazer um hábito tornar-se parte integrante de sua vida. Defina qual é novo hábito que você quer desenvolver e sustente-o firmemente por 30 dias. Marque os 30 dias em seu calendário. Se você pretende desenvolver vários novos hábitos, tente um ou, no máximo, dois de cada vez, caso contrário poderá sobrecarregar-se e frustrar seu intento.

2-Faça diariamente
Continuidade é fator vital para estabelecer novos hábitos. Se você pretende começar a fazer ginástica, acordar mais cedo, ou ler um livro importante, faça-o diariamente nos primeiros 30 dias. Praticar isso duas ou três vezes por semana no início, dificilmente ajudará a formar  novo hábito.

3- Inicie sem exageros

Não tente implantar um novo hábito em poucos dias. O excesso de motivação poderá fazer com que você exagere e depois desista. Se você pretende estudar inglês duas horas por dia, comece com trinta ou quarenta minutos e nos dias posteriores vá aumentando o horário aos poucos, até perfazer duas horas.

4- Acione a âncora

Uma âncora é uma espécie de ritual que você ativa um pouco antes de praticar o hábito. Por exemplo, se pretende dormir mais cedo, faça isso sempre no mesmo horário. Se deseja dominar seu temperamento explosivo, olhe para cima por 5 ou 10 segundos quando surgir a vontade de explodir. Se você pretende parar de fumar, estale os dedos sempre que surgir a vontade de pegar um cigarro.

5- Preencha a necessidade eliminada

Se você está desistindo de um hábito prejudicial, certifique-se de que está substituindo satisfatoriamente o hábito abandonado. Se quiser largar seu temperamento explosivo, você poderia, por exemplo, começar a praticar relaxamento mental e muscular, ou meditar, pois a força de vontade nem sempre é suficiente para sobrepujar um hábito indesejado. Coloque algo positivo no lugar do hábito que você está deixando.

6- Relembre seu compromisso

Depois de uns dez dias é fácil esquecer-se de sua decisão. Por isso mesmo, escreva o hábito que você está se propondo a executar em várias pequenas cartolinas, e deixe-as à vista para que você se lembre de cumpri-lo diariamente.

7- Remova as tentações

Provavelmente você terá que reestruturar seu ambiente durante os primeiros 30 dias, para que não caia na tentação de voltar ao velho hábito. Jogue fora os cigarros e evite ambientes frequentados por fumantes, tire a TV do ambiente em que você mais permanece, pratique relaxamento mental antes de ir a uma reunião conturbada ou falar com seu mal humorado chefe.

8- Use a técnica do “mas”

Muitos psicólogos e terapeutas utilizam uma ótima técnica chamada “mas”, para modificar maus padrões de pensamento. Quando você começar a ser assaltado por maus pensamentos, use a palavra “mas” para interromper o fluxo negativo. “Sou muito tímido, mas se eu trabalhar consistentemente esse problema, vou superá-lo.” “Sou muito nervoso, mas se eu me esforçar regularmente vou superar isso completamente.”

9- Tenha paciência

Não espere sucesso imediato. A construção de um novo hábito deve estar alicerçada em bases sólidas. Isso não é construído da noite para o dia. Alguns tropeços podem acontecer, porém a perseverança fará você retomar o caminho prontamente. Considere como se isso fosse um experimento, por isso não faça qualquer julgamento antes de vencido o prazo de 30 dias. Você sempre sairá da experiência muito maior do que quando entrou nela.

10- Associe-se a pessoas positivas

Despenda mais tempo com pessoas que já têm o hábito positivo que você quer desenvolver. Espelhe-se nelas porque lhe dará motivação para continuar. O tipo de ambiente que você frequenta vai influenciá-lo positiva ou negativamente no desenvolvimento de novos hábitos, porque você se torna naquilo com que convive por mais tempo.

11- Conscientize-se dos benefícios e das desvantagens

Saiba quais são os reais benefícios em promover o novo hábito e perceba os níveis de energia e de autoestima que começam a fazer parte de você. Imagine-se antecipadamente de posse do novo hábito que você almeja ter e sinta a alegria em tê-lo incorporado em sua vida. Ao mesmo tempo, conscientize-se das consequências em não adotar o novo hábito e o preço que você terá de pagar por não tê-lo.

12- Tenha em mente seu objetivo de vida

Atrele seus hábitos aos seus objetivos de vida, àquilo que te motiva e para o qual você nasceu. Não permita que hábitos fracos e nocivos se interponham entre você e sua missão. Você está aqui para vencer e dar exemplo aos outros. Faça dos hábitos saudáveis degraus que alavanquem você e marquem sua passagem pela Terra.

Ernesto Berg é consultor de empresas, professor, palestrante, articulista, autor de 14 livros, especialista em desenvolvimento organizacional, negociação, gestão do tempo, criatividade na tomada de decisão, administração de conflitos.  Graduado em administração e sociologia,  pós-graduado em administração pela FVG de Brasília. Foi executivo do Serpro em Brasília e consultor senior da Alexander Proudfoot Company de São Paulo.

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/hayrton-prado/2/740/27a

Facebook: http://www.facebook.com/#!/hayrton.prado

Skype: hayrton.prado1