Qual o desafio de ser um líder?


NBR ISO 12312-1 de 10/2015: óculos para proteção solar para uso geral
Como devem ser construídos e que materiais devem ser usados nos óculos para proteção solar?…

Leia mais…

Coach fala sobre a responsabilidade dos líderes na atualidade.

A liderança é fundamental no cenário de hoje. Ela é a responsável por nortear o líder diante seus colaboradores, inspirando-os e gerando estímulos para uma produtividade cada vez maior. Assim, com todas as responsabilidades e atribuições ligadas ao líder, o maior desafio torna-se desenvolver os integrantes de sua equipe na filosofia de “conhecimento para ação”, sendo um dos pilares do coaching.

Os relacionamentos entre líderes e liderados devem ser saudáveis para prover um estado psicológico e social positivo a todos, impulsionando novos comportamentos e inovações. Por isso, gerir bem uma equipe e um ambiente é tão importante quanto ter habilidades técnicas em um trabalho, como negociações, execuções, entregas e resultados relevantes para as atividades.

Segundo a psicanalista e coach Andreia Rego, o colaborador precisa de motivação para produzir mais e melhor. “O colaborador pautado no autoconhecimento não está em busca apenas de emprego e bom salário, mas, também, de se sentir útil e ter o sentimento de pertencimento ao que exerce. Uma vez que o profissional perceba seu desenvolvimento pessoal e profissional, ele aumenta a eficiência da produção, alcançando melhores resultados individuais e para a empresa. Além disso, outras esferas da vida dele são impactadas positivamente, como a saúde, família e relacionamentos”, explica.

Para a especialista, o coaching executivo ajuda bastante na nova construção de líderes e executivos, criando pontes para mudanças comportamentais, estruturais e processuais dentro das empresas. “Uma nova visão estabelecida apóia os esforços de todos para equacionar problemas, com foco em soluções e resultados”, diz.

Com isso, ela afirma também que gestores capazes de se autodesenvolver e levar esse entendimento para seus colaboradores têm maiores chances de trabalhar com uma equipe comprometida e produtiva. “O bem estar dos indivíduos é vital para a competitividade exigida nas empresas, refletindo em criações diferenciadas para o mercado consumidor”, conclui.

Dessa forma, Andreia aponta pontos favoráveis para uma mudança de postura dos líderes em relação a comportamentos:

1 – Autogestão e autonomia;

2 – Empoderamento de talentos, competências e habilidades;

3 – Mobilidade direcionada a desafios;

4 – Melhor canalização de tempo para criatividade;

5 – Trabalho em equipe como um “time”;

6 – Expansão de aprendizado.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: