Dicas para retornar ao mercado após os 50 anos de idade

Confira as principais vantagens de contar com um trabalhador mais experiente.

Conquistar uma vaga de emprego nunca é fácil. Se os jovens reclamam da atual situação dos negócios, o que dizem os profissionais acima dos 50 anos que desejam retornar ao mercado? Para eles a situação pode ser ainda mais complicada, mas independentemente disso, os profissionais mais experientes estão cada vez mais decididos a retornarem ao mercado de trabalho e manterem-se ativos em suas vidas pessoais e profissionais, sendo responsáveis pelo seu equilíbrio financeiro. “Hoje uma pessoa de 50 anos pode ser considerada jovem. A expectativa de vida está cada vez maior e as pessoas estão mais ativas e ligadas no mundo, pois perceberam que mesmo após os 50 ainda têm muito tempo de vida para aproveitar e alcançar seus sonhos”, explica Madalena Feliciano, diretora do Instituto Profissional de Coaching

Mas para retornar ao mercado podem ser precisos que sejam tomadas algumas atitudes – e são sobre essas atitudes que a especialista comenta. “Para voltar ao mercado é preciso estar atualizado – e isso significa estar online. Utilize a internet a seu favor para aprender novas técnicas e estar sempre por dentro do que acontece na sua área. Além disso, ter perfis atualizados em redes como o Facebook, Linkedin, Twitter, etc., podem ajudar a retomar o contato com pessoas já conhecidas e aumentar ainda mais o seu networking, o que é sempre importante” sugere Madalena.

Também é importante estar com o currículo revisado e arrumado – consulte um expert para lhe ajudar se for necessário, – e estar disposto a participar de entrevistas para empregos temporários ou até mesmo aqueles que não lhe interessem muito. “Essas entrevistas servem para você praticar suas habilidades de entrevistado e melhorar pontos que lhe incomodem”, comenta a especialista.

Use a idade a seu favor: mostre que você tem muita experiência, e, ainda assim não se acomodou. “Considere as vantagens que você ganhou com a idade, como maturidade, responsabilidade, experiência, equilíbrio, uma perspectiva mais realista, etc., e mostre isso para seus futuros empregadores”, ressalta Madalena.

A especialista lembra que o profissional jamais deve mentir sobre sua idade – e que também deve cuidar da sua aparência. “Querendo ou não, nosso visual é o nosso cartão de visita – e, como já diz o ditado, não existe segunda chance para causar a primeira impressão. Boa aparência não se trata de beleza, e sim de saber se portar, com roupas certas para cada ocasião, cabelo arrumado, barba bem feita, etc”, lembra Madalena.

Tenha sempre em mente que idade é um estado de espírito, e que mesmo com cabelos brancos, seu talento e sua atitude positiva podem contar muito mais do que sua data de nascimento. “Esteja sempre disposto a aprender e mostre que o empregador terá muitas vantagens ao lhe contratar – vantagens que vão além da experiência”, conclui a especialista.

Clicando aqui é possível ter conhecimento dos Projetos de Normas Brasileiras e Mercosul, disponíveis para Consulta Nacional. Selecione o Comitê Técnico desejado e clique sobre o código ou título para consultar e votar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: