O que fazer quando os problemas pessoais afetam o desempenho operacional

Coleção e-books Volume 5 - GERENCIAMENTO POR ABORDAGEM DE PROCESSOS (envio do arquivo por e-mail)

E-book: Gerenciamento por abordagem de processos

As organizações se estruturaram na forma de processos. E implementaram atividades que transformam algum tipo de entrada em saídas que visam atender as necessidades dos seus clientes.

http://www.qualistore.com.br/produto.asp?codigo=3318

Excesso de dívidas pessoais, separação de casal, preocupação com o desempenho dos filhos na escola, alcoolismo, drogas, etc. Esses são alguns dos problemas que mais atormentam o trabalhador. O que fazer quando as questões pessoais afetam o ambiente de trabalho?

Na verdade, no ambiente de trabalho, os hábitos das pessoas podem ter um impacto significativo. Eles incluem: isolamento, evitar tarefas, resistir a mudanças, ser negativo ou pessimista, promover e participar de fofocas, adiar e depois correr atrás do prejuízo, ser desorganizado, não compartilhar experiências ou compartilhar experiências demais e sempre levar as coisas para o lado pessoal.

Dessa forma, a desmotivação no trabalho pode estar ligada a diversos fatores, sejam eles externos ou internos. Os externos são aqueles ligados ao ambiente de trabalho, a própria equipe, ao chefe, às condições do local de trabalho, ao salário, à probabilidade de crescimento profissional etc. Já internos são referentes à saúde psíquica do trabalhador, assim como, o relacionamento interpessoal e familiar. Quando trabalhar se torna um verdadeiro fardo, é chegado o momento de se preocupar e investigar quais as causas de tanto desprazer.

Se o problema gerado é de ordem externa, torna-se simples contorná-lo, já que o profissional pode se aperfeiçoar naquilo que faz, investindo um pouco mais na carreira e ir em busca de um melhor emprego. Isso pode ser chamado de tolerância à frustração em prol de um bem futuro. Contudo, é necessário estar atento se é vantajoso essa mudança de emprego, se a outra empresa oferece oportunidade de crescimento profissional e melhores condições de trabalho.

Assim, as dívidas e casos de doenças, além de desavenças familiares, causam preocupação dos gestores de recursos humanos das empresas. Por conta disso, muitas companhias têm implantado programas de qualidade de vida para seus funcionários: sessões de massagem, planos de atividade física e de orientação nutricional, e a contratação de profissionais para orientar na gestão de carreira e no exercício de liderança.

Importante que as empresas devem procurar checar o estado de saúde clínica e psicológica de seus funcionários, com o objetivo de detectar precocemente todo tipo de disfunção. Isso pode ser feito por meio da aplicação de questionários médicos e de qualidade de vida, por exemplo. Com os resultados em mãos, as ações podem ser planejadas e direcionadas de forma mais efetiva e preventiva. Essa medida pode reduzir o afastamento dos funcionários, por motivos de saúde, além de possibilitar a retenção de profissionais talentosos por mais tempo no quadro funcional. Algumas sugestões de como o funcionário deve se comportar diante de conflitos pessoais:

  • Agir com cautela, sem procurar o isolamento ou se expor demais.
  • Tratar seus assuntos pessoais reservadamente; não deixando que presenciem suas conversas ao telefone ou vejam suas trocas de e-mail.
  • Compartilhar seus problemas com os mais próximos, pois isso pode aliviar a pressão e evitar possíveis mal-entendidos.
  • Relatar a sua situação ao superior hierárquico, mesmo que de maneira superficial, mas diga também como pretende lidar com ela e resolvê-la.
  • Procure ajuda; em caso de problemas financeiros, considere a possibilidade de pedir um adiantamento ou realizar um empréstimo; se for problema de saúde, inicie um tratamento.
  • Se o problema é persistente e a solução não é tão simples ou parece demorada, talvez seja necessário um afastamento do trabalho, por férias ou licença. Em casos mais graves, vale até desligar-se da empresa, para que sua imagem profissional não seja afetada negativamente.

Siga o blog no TWITTER

Mais notícias, artigos e informações sobre qualidade, meio ambiente, normalização e metrologia.

Dicas Qualidade Online

Já que eu gosto de andar por esse mundo de deuses e cozinhar, a partir de agora o site vai editar textos dando dicas para os internautas que visitam São Paulo para cursos ou férias e mesmo para aqueles que moram na cidade. Comida, passeios, receitas, etc. …tudo visando uma melhor qualidade de vida.

Jiló: esse amargo delicioso. Esse é o título de um livro que escrevi e permanece na gaveta. Todos na minha casa detestam o jiló. Só eu como. O fruto do jiloeiro apresenta uma fonte razoável de carboidratos e proteínas, além de fornecer vitaminas A, C e do complexo B e minerais como cálcio, fósforo e ferro. É considerado também um estimulante do metabolismo hepático e um regulador do sistema digestivo. Nas áreas rurais do Brasil é utilizado para combater resfriados. Possui coloração verde clara ou escura, e seu formato pode ser oblongo, quase esférico, ou alongado, dependendo da variedade. Tais frutos possuem um acentuado e característico sabor amargo. Uma das receitas do livro não publicado está abaixo.

Carne seca desfiada com jiló: 500 g de carne seca de boa qualidade, 1 cebola, 5 ou 6 jilós compridos cortados em pedaços com casca ou descascados, 1 dente de alho amassado e bem picado, 1 colher (sopa) de cebolinha cortada em rodelinhas, 1 colher (sopa) de salsinha picada azeite e sal. Coloque a carne seca de molho. Troque a água algumas vezes. Cozinhe em pedaços, coberta com água até amolecer bem (cerca de 30 minutos). Retire da água e desfie com a mão. Descasque a cebola e corte-a em tiras. Numa frigideira, aqueça o azeite. Coloque a carne seca desfiada e deixe que ela fique levemente frita. Retire da frigideira e reserve. Acrescente mais azeite, e refogue a cebola junto com o jiló cortado em pedaços. Junte o alho picado. Refogue mais um pouco. Deixe amolecer o jiló. Junte a carne seca, misture bem, corrija o sal e acrescente a salsa e cebolinha. Se quiser, coloque tudo em uma assadeira, ponha queijo coalho picado por cima e leve ao forno somente para derreter o queijo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: